Home » Destinos » Turismo na Islândia: geleiras, montanhas e lagos do ártico!

Turismo na Islândia: geleiras, montanhas e lagos do ártico!

Turismo na Islândia
08 maio 2021 Destinos, Islândia, Países do Ártico 0 COMENTÁRIOS

No sétimo post da série “Turismo no Ártico”, vamos conhecer como é o turismo na Islândia: a ilha isolada no norte do mundo.

Com uma população de 360 mil habitantes, a Islândia é uma ilha vulcanizada que fica isolada no norte do mundo! Mas, o turismo na Islândia é repleto de paisagens extraordinárias.

A sua localização faz com que a ilha tenha uma grande atividade vulcânica, possuindo 130 montanhas vulcânicas, mas apenas 18 dessas tiveram alguma atividade desde que a Islândia foi descoberta por volta do ano 900.

O que mais será que reserva uma ilha gelada e vulcânica no topo do mundo? Vamos conhecer um pouco mais da história, da tradição do turismo da Islândia, que não podemos perder quando visitarmos a Islândia!

Islândia: um pouco de história e algumas curiosidades

Islândia
Expedição Aurora Boreal® com Marco Brotto na Islândia

O povoamento da ilha começou por volta do ano 900 com um noruguês chamado Ingólfur Arnarson, o primeiro residente norueguês oficial.

Assim, a ilha foi colonizada pelos povos nórdicos e celtas por muitos séculos, já tendo sido parte da monarquia norueguesa e dinamarquesa.

A Islândia só foi reconhecida como um Estado soberano independente da Dinamarca em 1918, com o fim da Primeira Guerra Mundial.

Desde então, vêm se desenvolvendo tecnológica e economicamente até ter se tornado um dos países mais desenvolvidos do mundo no século XXI.

A ilha possui pouco mais de 100 mil km², sendo a décima oitava maior ilha do mundo e a segunda maior do continente Europeu.

Ao longo dessa extensão, a Islândia possui um relevo acidentado, repleto de montanhas. 

E além disso, também podemos encontrar vários glaciares no país, eles cobrem aproximadamente 11% do território islandês, embora venham diminuindo significativamente de tamanho por conta do aquecimento global.

A sua localização geográfica em relação a algumas placas tectônicas também fazem da ilha um local vulcânico! Mas a maioria dos vulcões não estão mais em atividade há alguns séculos.

No entanto, essa atividade vulcânica possibilita a existência de fontes termais e gêiseres na ilha!

Algumas curiosidades!

Existe uma brincadeira que diz que Groenlândia e Islândia deveriam, na verdade, trocar de nome!

Isso se dá pelo fato de que, embora a tradução do nome Islândia seja “Ilha de gelo”, ela possui um clima ameno e muito verde ao longo da maior parte do seu território.

Ao contrário da Groenlândia, que se chama “terra verde” e possui uma maior parte do seu território coberta por gelo, por isso, deveria se chamar “Ilha de gelo”!

Inclusive, o inverno islandês não é tão rigoroso como o nome da ilha nos faz acreditar, pois existe uma corrente de ar que vem do Mar do Golfo e “protege” o clima da ilha.

Outra curiosidade sobre essa ilha diz respeito ao excesso de familiares que habitam lá! 

Por ter uma população pequena onde você pode estar geneticamente relacionado de forma muito próxima a outro habitante, existe um aplicativo que indica proximidade por parentesco entre os habitantes! Curioso, não é?

Bom, vamos conhecer agora as principais atividades turísticas da região!

Turismo na Islândia

Lago Myvatn

lago na Islândia

O Lago Myvatn fica localizado no centro-leste da Islândia e possui 37 km², além de estar a 277 m de altitude.

Ele é considerado pelo BirdLife International como uma importante área para a preservação de aves!

Além de ser um lago enorme e com uma beleza incrível que nenhuma foto do mundo, embora tentem, possa fazer jus, ele também fica próximo de uma atração vulcânica incrível.

No aglomerado de Skútustadir, próximo ao lago, você pode caminhar por pseudo-crateras e passar por formações vulcânicas e, ainda, andar pela orla de um vulcão!

Jökulsárlón, a Lagoa dos Icebergs!

turismo na Islândia

Nesse local, você encontra uma geleira que está se quebrando aos poucos e jogando no lago enormes blocos de gelo.

Além da beleza do lugar, você estará tão próximo de um iceberg como nunca, e ainda pode tocar neles! 

Isso tudo você pode fazer da orla do lago, que também possui uma beleza própria por ser formada por areia negra.

Ou… no verão você pode fazer um passeio de barco pelo lago e estar realmente pertinho dos gigantescos blocos de gelo.

Seydisfjördur

Cidade de Seydisfjördur

A cidade de Seydisfjördur fica no extremo leste do país, localizada especificamente no final de um Fiorde de mesmo nome.

Ao longo de sua extensão, possui diversas montanhas, sendo as duas maiores: Bjólfur, com 1085 m de altitude, e Strandartindur, com 1010 m de altitude.

Para descer esse gigantesco fiorde, a estrada que você pega foi cenário do filme “A Vida Secreta de Walter Mitty” (2013), onde o protagonista percorre o trecho em seu skate, uma cena memorável.

Além de possuir uma beleza estonteante, esse conjunto de montanhas é uma boa amostra da beleza vegetal do país.

Além disso, a pequena cidade de pouco mais de 600 habitantes possibilita ao turista uma imersão na cultura islandesa.

Reykjavík – a capital do país!

Reykjavík
Reykjavík capital da Islândia

Na capital, Reykjavík, você encontra diversas atividades turísticas em um local que agrega de forma incrível o antigo e o moderno.

Com telhados coloridos à beira mar, você se depara com uma capital que tem jeitinho de interior, mas diversos elementos modernos. Além de contar, claro, com a educação e recepção do povo nórdico!

A Igreja Luterana Hallgrímskirkja é ponto de parada mesmo para os não religiosos: é a maior construção da capital e uma das maiores do país, com 75 metros de altura!

O Harpa Concert Hall foi inaugurado em 2011 e é uma obra arquitetônica fantástica, principalmente por suas formas geométricas.

Além de possuir exposições e apresentações, é a casa oficial da Orquestra Sinfônica da Islândia.

Outra atração incrível para os amantes de história é o Museu Nacional da Islândia, com um acervo que remonta a política, cultura e religião islandeses.

Já para os amantes de arte contemporânea, o Living Art Museum é a sugestão! O acervo conta com fotografias, esculturas e pinturas, além de também oferecer algumas programações artísticas especiais.

Aurora Boreal na Islândia!

Aurora Boreal na Islandia
Expedição Aurora Boreal® com Marco Brotto na Islândia

E como estamos falando de turismo na Islândia, não poderíamos deixar de falar da Aurora Boreal® na ilha do topo do mundo! 

A localização da Islândia e suas características geográficas, de luminosidade e climáticas possibilitam a Caçada à Aurora®, um fenômeno espetacular da natureza.

Mais especificamente, a ilha fica em uma posição privilegiada chamada de “linha férrea da aurora”, favorecendo bastante a busca pelo fenômeno.

Mas as alterações climáticas repentinas da região, muitas vezes, são um elemento a ser observado nessa empreitada, por isso e por estarmos tratando de um fenômeno da natureza, recomenda-se caçar a Aurora Boreal com quem entende do assunto!

Eu, Marco Brotto, e minha equipe possuímos vasta experiência na região, onde já guiamos diversos grupos de brasileiros nessa expedição fantástica.

Venha conosco em nossa próxima Expedição Aurora Boreal® para a Islândia, você vai se apaixonar! 

Se tiver qualquer dúvida, pode entrar em contato por aqui.

Marco Brotto caçador de Aurora Boreal
MARCO BROTTO
Marco Brotto tornou-se conhecido como o caçador brasileiro de Aurora Boreal. Já viu centenas de spots de Aurora Boreal em vários locais do mundo, proporciona experiências incríveis para aqueles que o acompanham e possui um espetacular acervo de fotos de auroras.
POSTS RELACIONADOS
A realização de um sonho: depoimento da Expedição #83 para a Islândia
A realização de um sonho: depoimento da Expedição #83 para a Islândia
< LEIA MAIS
Museus Vikings para visitar na Europa
Museus Vikings para visitar na Europa
< LEIA MAIS
Conheça a Rússia, da Série Países do Ártico
Conheça a Rússia, da Série Países do Ártico
< LEIA MAIS