Home » Alaska » Alasca, da série Países do Ártico

Alasca, da série Países do Ártico

Alasca
05 abr 2021 Alaska, Países do Ártico 0 COMENTÁRIOS

Visitar o Alasca em busca da Aurora Boreal é muito mais que visitar a “The Last Frontier”. 

O estado norteamericano do Alasca proporciona uma experiência fantástica, fazendo uma mistura entre o selvagem e a cidade. 

O Alsca é um dos destinos para caçar a Aurora Boreal com Marco Brotto!

Apreciar a Aurora Boreal com toda certeza é uma experiência que ficará para sempre na sua memória. 

A região do Alasca, que proporciona cenários de uma beleza incrível, garante belos registros fotográficos.

Viajar para o Alasca é muito mais que uma aventura na Última Fronteira, como é conhecida. 

Mas, é também viver experiências únicas repletas de paisagens inesquecíveis e cenários espetaculares.

Quer saber mais sobre essa região incrível? 

Continue acompanhando o conteúdo!

Aurora Boreal no Alasca

O estado do Alasca com certeza é um dos lugares mais surpreendentes do Ártico. Tudo o que é visto em séries e em filmes se torna mais grandioso visto pessoalmente. 

E para viver a experiência de presenciar esse fenômeno no Alasca, é preciso ter um bom conhecimento do território. 

Como é um grande preservador da Natureza, o Alasca dispõe de áreas que são simplesmente intocadas pelo ser humano.

Onde fica o Alasca?

O Alasca é uma península cujo território faz fronteira com o Canadá. É também um dos 50 estados dos Estados Unidos, embora não possua ligação territorial com o país.

Considerado um dos estados mais ocidentais do país, ele é também um dos menos povoados, com a maior parte da população habitando a região sul e sudeste do estado.

Por ser grande, frio, pouco povoado e possuir uma natureza selvagem como característica principal, o estado recebe o carinhoso nome de “The Last Frontier” ou A Última Fronteira.

A sua não ligação direta com os Estados Unidos se dá por conta de sua venda pelo Império Russo para o país no ano de 1867. 

Negociação que foi alvo de muitas críticas por parte dos estadunidenses, mas que gerou lucros após a descoberta de grandes reservas de diversos minerais. 

Além disso, no final da década de 1960, descobriu-se a maior reserva de petróleo do continente norte americano, que hoje é a maior fonte de renda do estado, em conjunto com a mineração.

Belezas Naturais

O nome Alasca vem da palavra Alakshak, que significa “grande terra”. E uma região como essa, só poderia ter as mais belas paisagens, desde regiões vulcânicas e montanhosas, até o deserto gelado.

A taiga, ou floresta boreal, é o tipo de vegetação mais presente no estado, podendo ser encontrada no interior e no sul. 

Já a tundra é a vegetação mais rasteira e adapta a baixas temperaturas, predominante no norte.

O Alasca oferece aos seus visitantes os cenários mais surpreendentes, remetendo ao filme Into The Wild, que se passa na região. 

Por isso, em nossas expedições, procuro adicionar, sempre que possível, observações da vida selvagem. 

Não é raro ver em nossos passeios ursos e animais típicos da região. 

A neve com toda a certeza é protagonista de toda essa história. Um vasto cobertor branco se estende pela paisagem, o que proporciona uma vista de brilhar os olhos. 

À noite, essas paisagens se misturam com o céu colorido formando um cenário impressionante, garantindo registros únicos. 

Confira algumas fotos desse lugar maravilhoso:

Alasca

Aurora Boreal no Alasca

Alasca

Caçando a Aurora Boreal no Alasca com Marco Brotto

A Aurora Boreal é um fenômeno da Natureza, por isso, não é possível presenciar uma Aurora exatamente igual a última, elas sempre são diferentes e ao mesmo tempo, sempre únicas. 

Para viver essa experiência extraordinária, é preciso caçá-la. 

Nosso objetivo é encontrar o melhor lugar para ver a Aurora, assim como, apreciar o espetáculo de todas as formas possíveis: em todas as suas perspectivas, cores e formas, se assim a atividade solar e magnética nos permitirem no dia. 

Quando ir a Caçada à Aurora no Alasca?

Se você considera ir até o Alasca caçar a Aurora Boreal, sugiro que considere a temperatura que irá gostar de vivenciar essa experiência. 

Durante os meses de novembro a janeiro, as temperaturas normalmente ficam abaixo dos – 25ºC.

Porém, no inverno, as noites são mais longas, o que ajuda na observação do fenômeno, aumenta a amplitude de tempo, porém ficamos com menos amplitude de distância, equilibrando as coisas.

Gosto sempre de ressaltar que, não existe a melhor época para Caçar a Aurora Boreal em qualquer um dos destinos, e para o Alasca essa premissa não é diferente.

As reais chances de presenciar o fenômeno dependem também das condições climáticas, ou seja, existe a possibilidade de incidência de nuvens densas, assim como a intensidade das atividades solares. 

Dica bônus: se deseja fazer boas fotos da Dama da Noite, o período de Lua Nova é uma ótima pedida!

Explore o Alasca com Marco Brotto, o Caçador de Aurora Boreal®

Já realizei muitas expedições pelo Alaska, que é uma mistura de aventura e exploração, com um verdadeiro encantamento. 

Em conjunto com uma equipe extremamente qualificada, proporcionamos o máximo de conforto e segurança em todas as expedições.

Vale ressaltar que, no Alasca, a atenção deve ser redobrada, pois percorremos muitos quilômetros em estradas congeladas. 

Por isso, nos atentamos e seguimos rigorosamente todas as leis de transporte e turismo da região.

E aí, já deu vontade de conhecer mais de perto o Alasca? Confira as próximas expedições marcadas, garanta já a sua vaga! 

Continue acompanhando o blog para mais novidades sobre a Aurora Boreal.

Marco Brotto caçador de Aurora Boreal
MARCO BROTTO
Marco Brotto tornou-se conhecido como o caçador brasileiro de Aurora Boreal. Já viu centenas de spots de Aurora Boreal em vários locais do mundo, proporciona experiências incríveis para aqueles que o acompanham e possui um espetacular acervo de fotos de auroras.
POSTS RELACIONADOS
Noruega, da série Países do Ártico
Noruega, da série Países do Ártico
< LEIA MAIS
Lapônia, da série Países do Ártico
Lapônia, da série Países do Ártico
< LEIA MAIS
Aurora Boreal no Alasca em 2022: saiba como conhecer
Aurora Boreal no Alasca em 2022: saiba como conhecer
< LEIA MAIS