Home » Aurora Boreal » Aurora Boreal: como acontece o fenômeno das luzes dançantes?

Aurora Boreal: como acontece o fenômeno das luzes dançantes?

Aurora Boreal Ilhas Faroe
02 jun 2020 Aurora Boreal 0 COMENTÁRIOS

A Aurora Boreal e a Aurora Austral são fenômenos físico-químicos que são resultados do choque do plasma solar com as camadas superiores da atmosfera da Terra. Esse plasma é formado por prótons, elétrons e neutrino, mas é preciso entender melhor a Aurora Boreal, como acontece e tudo o que envolve o fenômeno que resulta naquilo que, para mim, é o maior espetáculo da natureza.

Veja mais sobre a dinâmica de todos os processos que envolvem a Dama do Norte.

O que precisa acontecer para que surja a Aurora Boreal?

No plasma solar, os prótons causam Auroras fracas e difusas, dificilmente visíveis ao olho humano. Em geral, o resultado é um sutil brilho no céu, o que eu costumo chamar de “poeira brilhante”. 

Os elétrons, por sua vez, quando chegam à magnetosfera são energizados em razão da aceleração da atração para o lado escuro da terra. Quando acelerados e ionizados, viajam pelo campo magnético da Terra até as regiões polares, rompendo esse campo e colidindo com átomos e moléculas de oxigênio e nitrogênio na termosfera. O resultado? Auroras dançantes, coronais, coloridas. Os maiores espetáculos!

Existe um local ideal para ver Aurora Boreal?

A Aurora Boreal acontece no hemisfério norte, mas não é possível falar um país mais indicado para uma caçada. O que existe é uma faixa com maior probabilidade. Eu chamo de “trilho” e ele está localizado entr32ase as latitudes Norte e Sul a, mais ou menos, 50 a 75 graus – depende da longitude. Tromso, Rovaniemi, Murmanski, reykjavik, Nuuk, Fairbanks , Whitehorse e Churchill fazem parte dessa região. 

Nessas latitudes polares, a Aurora pode ser observada em mais da metade das noites de um determinado ano!

Quando a atividade solar aumenta, podem ocorrer tempestades e sub-tempestades. Isso aumenta o KP (Planetarische Kennziffer), que é o índice planetário, e a Aurora se estende para o Equador. Isso, no entanto, não quer dizer que ela será melhor, mais visível ou mais colorida. Com KPs altos, a Aurora pode chegar a regiões muito próximas do Equador – ela já foi vista de Cuba.  

Fatores importantes são o céu limpo e livre de nuvens. A lua não interfere na Aurora Boreal, mas modifica a nossa dinâmica de caçada e pode produzir efeitos diferentes na visualização do fenômeno.

Também deve estar escuro. Por isso, a temporada da Aurora Boreal é de setembro a abril – o sol da meia-noite impede a visualização no hemisfério norte. 

Gostou de saber mais sobre a Aurora Boreal, como acontece e tudo o que envolve o fenômeno? Então compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Marco Brotto caçador de Aurora Boreal
MARCO BROTTO
Marco Brotto tornou-se conhecido como o caçador brasileiro de Aurora Boreal. Já viu centenas de spots de Aurora Boreal em vários locais do mundo, proporciona experiências incríveis para aqueles que o acompanham e possui um espetacular acervo de fotos de auroras.
POSTS RELACIONADOS
Onde acontece Aurora Boreal e onde podemos vê-la?
Onde acontece Aurora Boreal e onde podemos vê-la?
< LEIA MAIS
Saiba como fazer a Caçada à Aurora Boreal® na Noruega
Saiba como fazer a Caçada à Aurora Boreal® na Noruega
< LEIA MAIS
O que a Aurora Boreal faz por você?
O que a Aurora Boreal faz por você?
< LEIA MAIS